MAGAZINESUSI

quinta-feira, 5 de setembro de 2019

Apontado como partícipe em homicídio na Capital é preso



Uma ação da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) resultou na prisão de um homem de 28 anos, no bairro Ancuri – Área Integrada de Segurança 3. O fato se deu, nessa quarta-feira (4), após cumprimento de mandado de prisão preventiva em desfavor dele. O homem é suspeito de participar do homicídio que vitimou José Ailton Cunha de Oliveira Júnior (32), no dia 27 de março deste ano, no bairro do Jangurussu (AIS 3). Ele é o quinto suspeito preso envolvido no homicídio.
Bruno Cosme Almeida Santos Alves (28), conhecido como “Paulista”, havia sido preso em flagrante, na última segunda-feira (2), por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Durante a abordagem policial, Bruno tentou enganar os policiais apresentando um outro nome, por esse motivo, também foi autuado por falsa identidade. No dia seguinte à prisão, ele foi solto na audiência de custódia.
Após investigação, policiais civis do 30° Distrito Policial (DP) identificaram “Paulista” como o quinto suspeito de ter participado do homicídio que vitimou José Ailton. Nessa quarta-feira (4), um mandado de prisão foi expedido e cumprido pelos agentes de segurança. O criminoso foi capturado no mesmo dia, em um conjunto residencial, localizado no bairro Ancuri.
Ele se encontra à disposição da Justiça para responder pelo homicídio qualificado por motivo torpe, por meio cruel e por impossibilitar a defesa da vítima, além do tráfico e da associação para o tráfico.
Crime
José Ailton Cunha de Oliveira Júnior (32), com passagens por furto, estava nas proximidades de um conjunto habitacional, no bairro do Jangurussu, quando foi surpreendido por indivíduos armados. José Airton foi encontrado na rua por populares com lesões pelo corpo. Ele chegou a ser levado para uma unidade hospitalar, mas veio a óbito. O fato ocorreu no dia 27 de março deste ano.
No dia seguinte ao crime, três pessoas foram presas em flagrante pelo crime. São eles: Michael Freitas de Souza (19), com antecedentes por tráfico de drogas, Francisco Vagner Agostinho (38) e Mirtes Maria Ferreira Aguiar (45) –os dois últimos não tinham passagem anterior pela Polícia. O quarto preso foi Francisco Tiago Nunes Ribeiro (27), como passagens por tráfico de drogas, crime de trânsito e receptação. Ele foi capturado no dia 30 de maio deste ano, por força de um mandado de prisão. Todas as prisões foram efetuadas pelo 30º DP.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog